Drive na Voz 4 – Exemplos de Drives

Trio

Olá Pessoal!

 

Este é o último dos 4 posts referente ao estudo dos Drives na Voz! Para quem quiser conferir, os posts anteriores foram:

Drive na Voz 1- O que é Drive na Voz?

Drive na Voz  2 – As origens do Drive.

Drive na Voz 3 – O Drive estraga a Voz?

Este post será abordará os diferentes tipos de Drives! 

Todos nós sabemos que a música está em constante mutação. Existem muitos novos estilos que se desenvolveram a partir de outros mais antigos. Com a diversidade de estilos desenvolveram-se muitas formas cantar e para melhor adequar-se a esses novos sons novos efeitos vocais foram criados. Com o recurso do Drive não foi diferente.  Em vários estilos utiliza-se o Drive apenas como um leve acabamento, como um “rasgadinho de leve” outros, mais intensos, como a forma primária de cantar como em muitas bandas de Death Metal, por exemplo.

No vídeo abaixo o professor de canto e pesquisador vocal Ariel Coelho é entrevistado pelo também professor de canto Márcio Marxx. Juntos eles mostrarão diferentes músicas de vários cantores e os tipos de Drives que são usadas nessas composições. 

Incrível mesmo é a primorosa técnica vocal do professor Ariel Coelho ao demostrar cada tipo de Drive. Tanto em alcance de registro como em timbres, sua performance é realmente excelente!

Confira esse vídeo!!

 

 

 

 

Confira também os dois excelentes vídeos abaixo!!

 

O primeiro é da renomada professora de canto do Nova York Melissa Cross especializada em Técnica Vocal voltada ao Heavy Metal ensinando uma de suas alunas, a também renomada vocalista da banda Arc Enemy, Angela Gossow. Esse vídeo mostra a vocalista desenvolvendo seu Drive e a técnica usada por ela.

PS: Incrível a voz dessa mulher!_!

 

 

Neste outro vídeo mostra a famosa professora de canto e técnica vocal  Catherine Sadolin em uma Masterclass realizada na Suécia em 2007. O vídeo é bem interessante! Nele, Catherine trabalha com uma aluna a aperfeiçoar sua técnica no Drive. O processo é bem interessante com uma metodologia bastante intrigante para se conseguir texturas diferentes. O resultado final é realmente impressionante, vale a pena conferir!!

 

 

Até o próximo post!!!!

Bons estudos!

Vinicius Kirchhof

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s