Colocação da Voz 3 – Acústica dos Ambientes

Olá Pessoal!!

 

ts

Neste último post sobre a colocação da voz abordarei um outro aspecto importante: a influência da acústica nos lugares onde cantamos e como isso pode afetar nossa percepção quanto a emissão da voz.

Essa situação que vou relatar é muito comum e inerente a profissão de performer em canto: “cantei em um ambiente tão seco que não podia ouvir minha voz” ou “o volume da caixa de retorno estava tão baixo que não tinha noção de como estava a minha voz” e por ai vai…

Na música temos algumas situações de trabalho interessantes e por vezes estressantes. Um exemplo disso é o pianista que estuda no seu instrumento mas, quando se apresenta em uma sala da concerto ele tem que tocar em outro. O resultado, as vezes, é um tanto diferente do que ele esperava e até frustrante pois, estava acostumado com um outro toque e peso das teclas. Com o tempo e experiência ele acaba se acostumando e achando maneiras de melhor se adaptar a essa situação.

Semelhante a isso, mas creio que menos dramática, acontece com o cantor. Podemos passar um bom tempo estudando em nossa casa, na casa do professor ou com nossos próprios equipamentos de som, mas quando nos apresentamos podemos fazer em um ambiente que não estamos familiarizados e que não possuem um tratamento acústico que favoreça a voz ou com equipamentos diferentes e até de qualidade inferior. Então temos essa sensação que descrevi no início, mas o que podemos fazer para nos sairmos bem quando isso acontecer? A resposta é entendê-las e se acostumar com elas!

questions1

Ok, sem pânico! Você treinou e estudou bastante. Estava confiante e de repente o lugar que você vai cantar ou o equipamento de som não te deixam confortável? Parece que você precisa fazer um esforço para se ouvir? Bem, agora é a hora de usar a sua técnica e cantar melhor do que nunca!

Tudo acontece devido a percepção que temos da nossa voz. Nos acostumamos ao ouvi-la sempre de uma mesma maneira graças ao retorno sonoro onde frequentemente estudamos mas, quando essa referência é diferente, e que pode ser pela mudança de ambiente ou pela qualidade dos equipamentos eletrônicos, não quer dizer que a fonte do som, ou seja, a sua voz está com problemas. 

Para exemplificar melhor vou usar um post passado. Técnica Vocal – A percepção da voz na gravação. Nesse post falei de uma matéria publicada no site uol.com.br sobre a reação que sentimos ao ouvir a nossa voz em uma gravação. Temos a sensação que a nossa voz é diferente em comparação com a voz que escutamos quando estamos cantando ou falando. Essa diferença vem pela nossa percepção. Ao cantar ou falar escutamos nossa voz com duas formas de audição: com o ouvido interno e externo, então temos a combinação de duas informações.  Ao ouvirmos uma gravação escutamos apenas com a audição do ouvido externo, faltando a informação da audição do ouvido internoEntão não é a nossa voz que está diferente, mas nossa percepção.

Ao escutarmos pouco a nossa voz devido a uma acústica menos sonora ou equipamentos menos fiéis em qualidade, nossa atitude deve mudar e então eu destacaria algumas ações:

1- Não force sua voz para se escutar mais.

 

loud

O fato de você não se escutar, como de costume, não quer dizer que sua voz não está no lugar certo ou que o público não está escutando. Por mais angustiante que se sinta, aumentar o volume da voz só vai causar mais fadiga vocal e comprometer a sua performance. Cante naturalmente, sua voz estará lá! 

2- Sempre que possível, visite o lugar antes da sua apresentação.

scarry

Repasse suas músicas no lugar da apresentação. Passe trechos importantes e difíceis da música. Acostume-se com o ambiente e ache uma posição onde possa se sentir o mais confortável. Isso vai trazer mais calma e conhecimento da sua voz e te ajudar em situações semelhantes no futuro.

3- Pratique com o equipamento de som disponível.

 

sing-eng

Se tiver a oportunidade, conheça o engenheiro de som (se existir) e troque idéias com ele de como o som pode ficar o melhor possível. Caso o lugar não disponha de alguém responsável pelo som peça a alguém que o ajude quanto ao retorno do som quando for passar uma música. O ajuste do som depende de alguns elementos que podem fazer a diferença como revérbio, e equalização. Uma segunda opinião pode ajudar.

4- O preparo antes da performance é fundamental.

 

Não apenas o fator psicológico mais físico também. Aqueça sua voz ao ponto de se sentir pronto. Se alimente e durma bem. Isso são ingredientes de uma excelente performance!!

 

 

 

 

 

Até o próximo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s