Como praticar o canto em casa?

mulher-canta-e-limpa-casa-49063243

Olá Pessoal!

 

Eis a dúvida! Como estudar canto em casa se não toco ou tenho instrumento musical?

Essa pergunta por diversas vezes escutei de muitos alunos e até colegas que, por mais que tentavam fazer o seu estudo de canto em casa paravam no mesmo obstáculo: a falta de instrumento ou inabilidade de tocar a música enquanto está cantando.

Meu objetivo nesse post é ajudar a entender a necessidade do estudo em casa e como fazê-lo mesmo sem equipamentos ou acompanhadores.

Porquê devo praticar?

img_2392

*Eu não quero praticar! Eu quero pular para a parte onde sou incrível.

As famosas perguntas: quanto tempo levo para saber cantar? Quando vou poder cantar determinada música? Eu realmente tenho jeito para ser um profissional? Todas essas e outras similares podem ser respondidas com a mesma resposta: quanto tempo você dispõe para estudar?

Primeiro de tudo precisamos entender que a prática pode não nos levar realmente a perfeição, mas nos torna mais conhecedores do nosso instrumento e os músicos chamados “perfeitos” têm algo em comum: eles conhecem seus instrumentos!

Conhecer sua própria voz permite que você desenvolva habilidades mais rápidas e efetivas. Saber exatamente como funciona o seu corpo para produzir uma boa voz não somente evita erros de técnica e de repertórios, mas também faz com que seus objetivos musicais se tornem mais fáceis de serem alcançados.

Conhecendo sua voz você estará habilitado a estudar e praticar novas habilidades vocais como os drives, por exemplo. Pode alçar voos maiores no repertório ou mesmo saber que tipo de estilo cai melhor para executar, além de permitir sentir a técnica vocal de maneira mais pessoal e não fazer só por repetição.

microfone

O fato de estudarmos nossa voz pode ajudar-nos, não somente, a superar limites vocais e físicos, mas, também emocionais. Cantar em público pode ser muito estressante e por vezes podemos nos sentir inseguros principalmente quando for ainda uma atividade nova em nossas vidas ou se o repertório for desafiador porém, quanto mais sabemos a respeito de nossa voz, mais confiantes para exercer essa atividade podemos ficar.

O estudo em casa é o momento de fixarmos as novidades aprendidas nas aulas, testarmos e ajustarmos nossa voz ao repertório e desenvolver a confiança necessária passar a música com a sua banda ou pianista correpetidor e posteriormente apresenta-se em público.

 

Como posso praticar?

img-thing

1- Ok! Convenci você que estudar é bom? Ótimo! Então a primeira coisa a fazer é: tenha um tempo só para você!

a53a528dcd1101cc51f7a8ee95d17f36

 

Estudar canto pode ser uma das atividades mais desafiadoras que irá fazer, principalmente quando nos baseamos na atenção e concentração. Notem que para entender a voz por muitas vezes teremos que repetir diversas vezes um exercício ou trecho da música e isso não só demanda uma concentração, mas também tempo.

Agende uma hora livre para poder se concentrar na música, na voz e nos exercícios. Não precisa cantar de imediato por uma hora, isso pode causar uma fadiga vocal, principalmente se ainda não consegue uma emissão correta ou não está acostumando a cantar por tanto tempo. O importante é lembrar que o estudo certo provém de praticar certo por algumas vezes até incorporar o processo e não praticar o errado infinitas vezes.

2- Não tenho teclado ou não tenho ninguém para tocar os vocalizes para mim!

rs_634x1024-131211093116-634-leann-rimes-aca-crying-ls-12113_copy

O mundo realmente não é perfeito, mas mesmo assim podemos nos adaptar e viver nele! No meu site coloquei a disposição alguns vocalizes que podem ajudar no seu estudo. Para baixá-los você só precisará fazer uma conta gratuita no site www.4shared.com e pronto, já pode estudar!

PS: para você que iniciou agora no canto aqui cabe uma breve explicação: vocalizes são exercícios criados para a voz. Eles são geralmente executados por um instrumento (teclado, piano, violão etc.) e servem tanto para o aquecimento da voz como também para perceber e desenvolver a técnica vocal. Com ele você pode focar sua atenção somente na sua voz pois, ao contrário do que acontece na música, pode ser feito com apena uma vogal e com ritmos mais lentos.

Clique AQUI para ir para minha a página dos exercícios!

 

Eu gravei os vocalizes de acordo com o alcance padrão das vozes. Caso sua voz ainda não alcance as notas extremas do exercício, sugiro exercitar na região de maior conforto possível. Na internet, se quiser, existem outros sites que também disponibilizam exercícios para a voz. O importante é praticar com vocalizes que sejam mais eficazes para desenvolver a sua voz.

3- Não sei tocar a minha música, como posso fazer?

img_1476

 

Com o desenvolvimento da internet e também com a difusão de equipamentos de áudio mais acessíveis ao público geral ficou mais fácil encontrar somente a parte instrumental das canções, os famosos karaokes. Nos sites de hospedagem de vídeos como o Youtube existem vídeos de diversos estilos que além de terem o áudio praticamente original da música possuem a letra que muda de cor na hora exata de você cantar. Com aplicativos ou até em sites como esse  você pode baixar o áudio desses vídeos no formato mp3 e treinar sem precisar estar conectado com a internet.

Veja o exemplo abaixo da música Rolling in the Deep da cantora Adele.

 

 

4- Mantenha-se atento, siga um objetivo e perceba as diferenças!

pessoa-vermelha-de-vergonha-02

Agora que você já pode aquecer sua voz e achou a sua música em versão instrumental tenha o cuidado de não cantar de qualquer jeito. Pense nos pontos que precise melhorar e se possível anote na partitura ou cifra esses pontos para poder lembrar posteriormente até que sejam superados.

Busque se concentrar ao máximo para melhorar sua performance a cada vez que a fizer. Lembre-se de buscar o desenvolvimento da sua técnica sempre. No final dos repasses experimente se imaginar no palco ou no ambiente que você vai cantar. Busque um ponto fixo ou algo que faça você manter sua atenção. Imaginar-se cantando pode ajudar muito a superar o medo e a ansiedade medo de se apresentar em público.

Sempre que possível faça gravações em áudio ou vídeo. Isso ajuda a eliminar movimentos excessivos das mãos e braços e corrigir sua postura corporal.

1

Lembre-se que ao escutar a gravação é normal você não se identificar com a voz gravada. Expliquei isso nesse post então não sejam tão duros consigo mesmo!. Cantar e gravar requer prática e paciência. Com esses ingredientes tenho certeza que tudo dará certo!

Bom estudo!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s