O Idioma e a Técnica Vocal

96-blog

Olá Pessoal!

Como cantor lírico tive, desde o início dos meus estudos, os desafios de cantar em idiomas que não dominava ou que jamais tivera a experiência de dizer sequer uma frase! Na música chamada clássica ou lírica é comum peças do repertório em alemão, francês, italiano, espanhol, russo, inglês, latim e até idiomas mais regionais como o catalão, o napolitano e o siciliano.

Para o cantor, além do fato básico de saber a tradução da poesia para interpretar adequadamente a música, é necessário também pronunciar os diferentes fonemas do idioma cantado adequadamente. Isso para que a voz seja articulada corretamente e extrair o melhor da sua técnica vocal. Parece simples, mas o ato de cantar, em alguns idiomas, pode ser algo bastante desafiador.

Esse é a situação que quero abordar nesse post!

Como o idioma afeta a minha técnica vocal?

idioma-mas-hablado

Antes de começar não vou entrar questões envolvendo o sotaque. Os idiomas e seus regionalismos são um campo extremamente vastos para que lancemos pedras a cantores que se aventuram em cantar em uma língua estrangeira. O sotaque parece inerente as culturas pelo mundo, ou seja, cada lugar tem o seu. Se fomos analisar apenas dentro do Brasil, teremos uma ideia do quão vasto é esse campo e por isso irrelevante abordar esse tema.  Minha conclusão é: todos os cantores possuem sotaque, em mais ou menos grau, quando cantam em uma língua que não a sua materna. O sotaque não necessariamente afeta as condições técnicas da voz.

Essa pequena análise é para avaliar o quanto que uma língua estrangeira influencia na técnica da colocação da voz.

Características dos idiomas

Enquanto para o português existem as vogais A, E, I, O, U, e as variações intermediárias Ã, Ó e É, para algumas línguas, como no Alemão, ainda existe fonemas com sons intermediários com o acento da trema como o Ë, Ö, Ü. No Francês, não é a vogal diferente, mas a junção de várias que fazem um outro som ser produzido, assim temos as palavras: Pourquoi, Gloire, Yeux e o tradicional R que não é soado na frente como no Italiano, mas no fundo da garganta, (quem quer ouvir um exemplo basta ouvir Edith Piaf para saber o que estou querendo dizer!)

Enfim, todas essas diferenças fonéticas podem exercer influência na colocação da voz quando cantadas, se pronunciadas de uma maneira que levem a voz mais para o fundo da garganta ou para a região nasal, resultando na perda de timbre e descontrole da emissão.

Abaixo, um exemplo dessa dificuldade, o gráfico mostra as diferenças na sensação de colocação da voz falada e das vogais em três idiomas; Espanhol, Inglês e Português.

espectro

A colocação correta da voz e fonemas:

Já ouvi muitos cantores falarem que a voz soa diferente em determinado idioma. E eles podem ter razão! Como isso pode acontecer?

Bem, isso acontece devido as diferentes colorações que o idioma nas vogais, junções fonéticas e acentuações. Isso pode influenciar na dicção e na colocação da voz. Nessa situação o cantor sente que a sua voz perde referência de colocação e brilho fazendo com que algumas músicas, que podem ser até mais simples comparadas com outras em outro idioma mais natural para ele, se tornarem um verdadeiro tormento na execução!

 

*Para saber mais sobre o que penso a respeito da colocação da voz, acesse os posts abaixo:

dedo-apontando-para-baixo_318-40195

1- Colocação da Voz 1 – O Som e o Conhecimento das Cavidades de Ressonância

2- Colocação da Voz 2- Ressonâncias e Sensações

3- Colocação da Voz 3 – Acústica dos Ambientes

O que fazer para atenuar as diferenças?

Algumas ações são vitais para que a execução da música em determinado idioma tenha a melhor performance possível. Aqui algumas dicas:

1- Estude o idioma

Busque qualificação da língua! Há várias formas de se aprender um idioma hoje em dia. Seja sozinho, com um profissional ou até mesmo on line, não importa, desde que auxilie você na pronuncia correta dos fonemas, assim, as musculaturas articulatórias (boca, língua, dentes, etc.) funcionarão de maneira adequada. Quanto mais você souber o som adequado dos fonemas, melhor será a dicção. Quanto melhor a dicção, melhor será a colocação da voz.

2- Escute gravações corretas

Pode parecer até incrível, mas existe muitos cantores famosos que quando gravam em outra língua o resultado é uma pronuncia duvidosa ou até mesmo incorreta. Um exemplo disso é quando sugiro uma música brasileira para canto lírico para um aluno e tento encontrar alguma gravação na internet. Muitas gravações foram feitas por sopranos estrangeiras. Vozes maravilhosas, mas a pronuncia nem tanto. Portanto, sempre que possível, compare gravações e dê preferência para artistas natos no idioma. 

 

3- Conheça a sua voz!

Grave a sua performance e aprenda a reconhecer as virtudes e dificuldades em seu canto. A gravação de sua aula ou repertório pode ser uma das formas mais rápidas de perceber como está a dicção e a cor vocal, além de outros fatores como ritmo e afinação. 

Para os que não gostam da prática de gravar a própria voz, tenho um post que aborda o tema que pode salvar o seu estudo, segue abaixo!

Técnica Vocal – Percepção da voz na gravação

Abaixo, gostaria de compartilhar quatro exemplos que achei na internet de cantores que cantaram (e muito bem) em línguas diferentes.

O primeiro vídeo é do cantor Japonês Yoshiro Nakamura e do pianista, também Japonês Febian Reza Pane. Ambos formam um duo que apresentam clássicos da bossa nova.

Aqui apresentam Chovendo na Roseira de Tom Jobim.

 

 

O segundo vídeo é da cantora Sul Coreana Yeahwon Shin. Dotada de uma belíssima voz e com um português perfeito apresenta Eu Não Existo sem Você de Tom Jobim.

O terceiro vídeo é da cantora Maysa apresentando a clássica My Funny Valentine em um programa da TV Record por volta de 1959.

 

O quarto vídeo também é da clássica My Funny Valentine, porém interpretada, de uma forma bem mais jazzística (e maravilhosa!!!) por Dolores Duran.

Anúncios

2 comentários sobre “O Idioma e a Técnica Vocal

    • viniciuskirchhof disse:

      Olá Leandro! Fico feliz em poder te ajudar de alguma forma! Fique à vontade! Leia e pesquise e caso tenha alguma dúvida é só entrar em contato! Será uma alegria te ajudar!
      Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s