Saúde Vocal

Bem Vindo!

Aqui tratarei de um assunto fundamental para termos condições de exercer nossas atividades vocais com pleno potencial: SAÚDE VOCAL!

Quando escutamos sobre saúde vocal, muitas informações chegam até nossos ouvidos como verdades absolutas e indiscutíveis, e por mais que sejam com a intensão de ajudar ou prevenir, muitas delas não encontram bases na ciência ou fisiologia para serem consideradas efetivas na saúde vocal.

Meu objetivo aqui é levar o conhecimento à você do que já foi comprovado cientificamente a respeito desse assunto tão importante e ajudar você a manter sua voz plena!

Abordarei esse assunto sob a visão de três pilares da saúde vocal: alimentação, manutenção vocal e saúde geral.

Alimentação

Sim, certamente você já ouviu dos benefícios na maçã e de outros alimentos para a voz. Possivelmente leu que é fundamental que precisamos beber bastante água comer gengibre, alho e mais uma toneladas de outras coisas!

Antes vamos definir o que é saúde vocal! Saúde vocal é ter um aparato fonador apto para as atividades exigidas.

Antes de mais nada precisamos entender aonde está nossa “voz” e como essas substâncias poderiam contribuir para ter saúde vocal.

Tudo o que comemos ou bebemos passa longe das pregas vocais (também chamada cordas vocais). Somente quando nos engasgamos é que o alimento entra em contato, então tudo o que ingerimos fará bem ou mal após a digestão.

Não adianta beber água logo antes de cantar. Seu organismo não ficará hidratado rapidamente ao ponto da sua voz sentir os benefícios. Precisamos hidratar pelo menos 1 hora antes da performance vocal.

O mesmo acontece com alimentos. Eles só trarão seus benefícios após a digestão. Sim a maçã tem propriedades adstringentes que fazem bem ao corpo todo, mas só farão a diferença após algum tempo de digestão logo, nada adianta comer maças antes de cantar.

Uma pergunta precisar sempre ser feita para compreender o que realmente é verdade e o que é mito dentro da saúde vocal. Pergunta: se eu não comer maçãs, por exemplo, minha saúde vocal será ruim? Creio que a resposta parece bastante clara. Não! Você pode ter uma saúde plena sem comer maçãs! Então, para resumir, uma plena saúde vocal é conquistada com saúde geral. Sua voz é parte do seu corpo.

Fazer uso ou não de algum alimento não é determinante para sua a sua saúde vocal pois ela está associada a saúde do corpo como um todo.

Hidratação, repouso adequado, alimentação saudável e boas práticas vocais são o suficiente para manter uma voz funcionando corretamente.

Não há alimentos milagrosos para fazer você cantar bem mas, uma sinergia de ações e práticas!

Manutenção Vocal

Precisa ser destacado o papal dos exercícios vocais na construção de uma boa técnica capaz de superar uma eventual situação desfavorável em relação a saúde. Uma sólida base técnica contribui muita para termos uma voz sempre correta e pronta para ser usada.

Precisamos manter nossa voz sempre alerta e, para isso acontecer, devemos saber como fortalecer músculos específicos que compõe a nossa laringe. Quanto mais auto conscientes formos na prática de exercícios de manutenção, melhor será nossa saúde vocal ou seja, se tivermos uma técnica vocal ruim iremos comprometer a saúde da nossa voz.

No vídeo abaixo mostro alguns exercícios que contribuirão para uma manutenção vocal e auxiliarão você nos estudos pessoais.

Saúde Geral

Hidratação Local

No tópico sobre alimentos, mencionei que o ato de beber água logo antes de cantarmos não fará grande diferença no aproveitamento técnico vocal, pois precisa de um tempo para que a água, de fato, seja absorvida por nosso corpo e aconteça a hidratação.

Há formas mais eficientes e rápidas de mantermos a mucosa das via aéreas e da laringe hidratadas: a nebulização com soro fisiológico.

Confira no vídeo abaixo as vantagens e procedimentos dessa prática.

o vilão da história

Como abordei no tópico alimentação, se não existe um alimento que faz bem exclusivamente a sua voz, por outro lado existe uma substância que fazem muito mal. O cigarro!

Cigarro

A principal delas é o cigarro e práticas semelhantes. Toda a fumaça que aspiramos entra diretamente em contato com a boca, garganta, laringe, passando diretamente pelas pregas vocais e indo até os pulmões além de afetar outros órgãos.

A fumaça do cigarro e semelhantes, além de ser tóxica, é muito quente. Isso resseca a mucosa da laringe comprometendo a maleabilidade e resultando em uma irritação nessas estruturas. O pigarro constante causa atrito entre os músculos vocais podendo causar diversas patologias.

Veja no vídeo abaixo os malefícios do cigarro.